Free Web Hosting Provider - Web Hosting - E-commerce - High Speed Internet - Free Web Page
Search the Web

Clima e Solo









No Pantanal, o clima predominate tropical, apresenta características de continentalidade, com diferenças bem marcantes entre as estações seca e chuvosa. Localizada na porção centro-sul do Continente Sul-Americano, a região não sofre influências oceânicas, mas está exposta à invasão de massas frias provenientes das porções mais meridionais, com penetração rápida pela planícies rapidamente e até haver ocorrência de geadas, ficando as mínimas ao redor de 0 graus C enquanto as máximas atingem quase 40 graus C. As médias anuais registradas, em torno de 25 graus, têm como mínima 15 graus e máxima 34 graus.

De abril a setembro é a estação seca ou inverno, com chuvas raras e temperatura bastante agradável.Durante o dia pode fazer calor, mas as noites são frescas ou frias. Com o início das chuvas, geralmente em outubro, começa o verão que se prolonga até março. A temperatura, bastante elevada, só cai durante e logo após as pancadas fortes, voltando a subir até que nova mente as grossas massas díágua desabem sobre a região. E quando o Pantanal, úmido e quente, se transforma em imenso alagado onde rios, banhados e lagoas se misturam. A partir de março o nível das águas vai baixando e o Pantanal começa a secar. No ápice da seca, entre julho e setembro, a água fica restrita aos leitos dos rios ou aos banhados e lagoas localizadas em porções baixas da planície, em permanente comunicação com os rios ou com o lençol freático.

O regime de chuvas determina uma alternância nas condições do solo, que é alagado no verão e seco no inverno. Há regiões altas que nunca são atingidas pelas cheias, regiões baixas que ficam quase sempre submersas e regiões de altitude intermediária, que se apresentam secas a maior parte do ano e alagadas durante alguns meses.

Por sua composição predominante argilo-arenosa os solos do Pantanal são caracterizados como pobres em sua parte mais profunda, mas como muito férteis na camada superficial, graças àdeposição de matéria orgânica resultante da decomposição de restos animais e vegetais. Nas áreas mais elevadas, especialmente nas serras e morros isolados o solo se apresenta calcário, muito árido. Em outras áreas encontram-se depósitos de sais minerais em quantidade suficiente para ser comercializado. Sua ocorrência está relacionada à presença das salinas como são chamadas as lagoas, cuja água apresenta elevada concentração de sais que, principalmente nos períodos de estiagem e grande evaporação, se depositam nas margens, formando um halo característico.